Uma escola ou um sonho? – artigo do DSM.

outubro 28, 2008

Pessoal!

Olhem este artigo abaixo. Foi publicado no Diário de Santa Maria, TERÇA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2008.

“Uma escola ou um sonho?
RENATE MARIA JUNGES ABELIN

Em todas as sociedades modernas,
a escola representa a
instituição que mais cresce, aumenta
e se expande em todas as
áreas da vida social. As crianças
e os adolescentes passam o tempo mais
produtivo e criativo da sua vida dentro do
sistema educacional. Assim, precisamos
inovar, ter ousadia e sonhar em transformar
as escolas. A escola que sempre
sonhei não só imagino que existe, mas
muitas existirão, não ficando somente em
desejos e sonhos.
Sonho com uma escola que atenda às
necessidades e os desejos dos indivíduos,
com professores em destaque, amigos que
sorriem, que “tocam” em seus alunos, que
propõem trabalhos importantes, interessantes
e significativos ao momento histórico
e ao contexto da escola. Que respeitam
a realidade dos alunos, suas histórias,
vivências e experiências de vida, sendo
espaços de trabalhos em equipe.
As salas de aula com cores vivas, flores,
músicas, alegres e felizes. Onde tudo, apesar
dos conflitos, aconteça com prazer. Os
professores tenham personalidade, ética,
com postura afetiva e competente. Uma
escola que usa a biblioteca, o pátio e as
praças como espaços pedagógicos indispensáveis
ao desenvolvimento sadio das
crianças e que tem um ambiente agradável,
feliz e organizado. A sua função vai
além da produção e da reprodução do conhecimento.
Os trabalhadores em educação,
no contato diário com os alunos, estão
em posição privilegiada para construir
valores sociais, como solidariedade, fraternidade,
tolerância, justiça, liberdade e
amor. É fundamental educar pelo exemplo
do diálogo. Não devem ver o aluno como
alguém a ser moldado, mas como um ser
em construção, com muito a dizer e a fazer
no processo educativo.
A instituição deve ser democrática, sem
carência de recursos financeiros, profissionais
satisfeitos, bem-remunerados, com
auto-estima elevada. Os recursos pedagógicos
devem ser compatíveis com as necessidades
de cada comunidade, e a escola
deve ter autonomia (realmente) na tomada
de decisões. Também sonho com uma escola
informatizada, com recursos humanos
competentes e sintonizada com as transformações
sociais, tendo a inclusão como
meta e o aluno como centro do processo.
Espero que a democracia se fortaleça
e contribua para uma educação social de
qualidade, atingindo a maioria e não mais
a minoria. A escola dos sonhos deve ser dinâmica,
criativa e receptiva às transformações,
estimulando os atores a transformarem
a sociedade em algo melhor. Todos são
responsáveis pelo ato de educar, mas políticas
de governo e de valorização dos profissionais
de educação são fundamentais.
Gestora da Escola Estadual
João Link Sobrinho”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: